Loading...

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

   Antifurto para carros
 Circuito simples e fácil de montar, mas que funciona muito bem
 O esquema baseia-se no circuito integrado HEF 40106( gates hex inverting
Schmitt trigger) da philips,mais alguns resistores,diodos,transistores e capacitores.

 O esquema está na figura 1




Na figura 2 está o modo de ligar no carro





Na figura 3 está o modo de ligar o sensor 1.




 Funciona da seguinte maneira:
 Quando a porta do veículo for aberta irá acender o LED armando o circuito.A partir daí o motorista terá aproximadamente 60 segundos
para apertar o botão inibidor (micro switch), préviamente escondido
em algum lugar do carro ,de conhecimento apenas do dono.
 Nesse instante o circuito é inibido e o LED se apagará indicando tal
Situação.O LED deve ficar em algum lugar visível do painel do carro
para que possa ser observado o acionamento e inibição do dispositivo
pelo dono do veículo.
Se o inibidor não for acionado, o dispositivo irá desligar o motor do carro
em mais ou menos 60 segundos, evitando que o meliante prossiga com o furto do veículo,ou se o dono esquecer de acionar o inibidor tal situação também ocorrerá.
 O sensor 2 fica à critério do montador (pode ser usado ou não).Uma sugestão seria colocar um interruptor no capô.
 Obs:O sensor 1 funciona com potencial negativo(interruptor fecha com
chassi do carro).
 O sensor 2 funciona com potencial positivo(interruptor fecha com positivo
da bateria).

 Lista de material.
1-Circuito integrado HEF40106
2-Transístores  BC548
1-Relê 12volts
6-Diodos 1N4148
2-Diodos 1N4007
1-Led 5mm
1-Micro switch
2-Capacitores eletrolítico 220mF
1-Capacitor eletrolítico 100mF
1-Capacitor eletrolítico 10mF
3-Resistores 10K
1-Resistor 6K8
1-Resistor 2K2
2-Resistores 680K
1-Resistor 820R
1-Resistor 100K
1-Resistor 1K
1-Resistor 56K
1-Resistor 47K


 

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Decodificador binário/decimal

Montagem simples, mas eficiente na bancada, muito útil na manutenção de aparelhos digitais onde os sinais presentes são determinados por níveis lógicos alto 1 e níveis lógicos baixos 0.
 O circuito completo do decodificador é bastante
simples, utilizando um número bem reduzido de componentes,conforme pode ser visto no esquema elétrico
 O coração do circuito é o CI 74LS42,um decodificador BCD/decimal com dez saídas alternadamente exclusivas. Cada uma destas saídas apresenta nível lógico alto,exceto aquela que for selecionada pelo sinal de entrada.
 Vamos ver um exemplo de como funciona. Aplicando-se às quatro pontas de prova,um sinal binário igual a "0-0-0-0",isto é,todos os digitos com nível lógico baixo,o CI 74LS42 irá decodificar esta informação e ativar a saída decimal "0" (pino 1 do CI 74LS42) que passa a apresentar nível lógico baixo.
 Com isto o circuito do LED D1 fica fechado do pólo positivo através do RESISTOR limitador R1 ao pólo negativo através do CI 74LS42,indicando o digito "0" decodificado.
 Ao lado dos LEDs,no esquema elétrico,está apresentada a tabela de conversão do código binário de entrada (A0/A1/A2/A3) equivalente a posição de ativação de cada um dos LEDs.Observe então que o LED D4 irá se iluminar quando o código binário de entrada for "0-0-1-1" ou seja : as pontas de prova A3 e A2 com nível lógico baixo e as pontas de prova A1 e A0 com nível lógico alto.
 Como as saídas do CI 74LS42 são alternadamente exclusivas,para qualquer combinação do sinal de entrada somente um dos LEDs será ativado,ou dependendo desta combinação também poderá ocorrer que NENHUM LED se ilumine.
 Observando a TABELA DE FUNÇÔES do CI 74LS42 podemos compreender esta condição


Montagem simples, mas eficiente na bancada, muito útil na manutenção de aparelhos digitais onde os sinais presentes são determinados por níveis lógicos alto 1 e níveis lógicos baixos 0.
 O circuito completo do decodificador é bastante
simples, utilizando um número bem reduzido de componentes,conforme pode ser visto no esquema elétrico
 O coração do circuito é o CI 74LS42,um decodificador BCD/decimal com dez saídas alternadamente exclusivas. Cada uma destas saídas apresenta nível lógico alto,exceto aquela que for selecionada pelo sinal de entrada.
 Vamos ver um exemplo de como funciona. Aplicando-se às quatro pontas de prova,um sinal binário igual a "0-0-0-0",isto é,todos os digitos com nível lógico baixo,o CI 74LS42 irá decodificar esta informação e ativar a saída decimal "0" (pino 1 do CI 74LS42) que passa a apresentar nível lógico baixo.
 Com isto o circuito do LED D1 fica fechado do pólo positivo através do RESISTOR limitador R1 ao pólo negativo através do CI 74LS42,indicando o digito "0" decodificado.
 Ao lado dos LEDs,no esquema elétrico,está apresentada a tabela de conversão do código binário de entrada (A0/A1/A2/A3) equivalente a posição de ativação de cada um dos LEDs.Observe então que o LED D4 irá se iluminar quando o código binário de entrada for "0-0-1-1" ou seja : as pontas de prova A3 e A2 com nível lógico baixo e as pontas de prova A1 e A0 com nível lógico alto.
 Como as saídas do CI 74LS42 são alternadamente exclusivas,para qualquer combinação do sinal de entrada somente um dos LEDs será ativado,ou dependendo desta combinação também poderá ocorrer que NENHUM LED se ilumine.
 Observando a TABELA DE FUNÇÔES do CI 74LS42 podemos compreender esta condição










 Lista de Material:

R1=330R 1/8w
C1=10mF 16v
CI1=74LS42
D1 a D10=led 3mm
1-soquete 16 pinos
1-garra jacaré preta
1-garra jacaré vermelha









sábado, 25 de junho de 2011

Interruptor fotoeletrônico

 Projeto para acender e apagar lâmpadas automaticamente
com sensor LDR e chaveamento por TRIAC
 fácil de montar e instalar ,ideal para iluminação de prédios
corredores,acessos,áreas externas,portaria e etc...
 O pontoa ser observado neste ciruito é o capacitor de 56nF
que é o responsável pela freqüência de operação do transistor
e pela intensidade dos pulsos que controlam o TRIAC.Assim,
na possibilidade de ocorrer insuficiência de energia na exitação
do TRIAC ( as lâmpadas controladas podem acender com lu-
minosidade inferior ao normal ),pode ser experimentada a al-
teração deste capacitor para  um volor maior,como 68nF,82nF
ou mesmo 100nF.O circuito também é bivolt,pode ser ligado
em 110volts ou 220volts.


                                                                          Esquema


                                                                             Layout                                                                                 

                                                                               Silk



  Lista de componentes:
1-Triac TIC 226D
1-Transístor unijunção 2N2646
1-LDR ( diâmetro 0,8 a 1,0 cm)
1-Diodo zêner 12V x 1W
1-Diodo 1N4007
1-Diodo 1N4148
3-Resistores de 100R x 1/4w
1-Resistor de 10K x 1/4w
1-Resistor de 6K8 x 1/4w
1-Resistor de 10K x 10w
1-Capacitir de poliéster de 56nF
1-Capacitor de poliéster de 100nF x 400 volts ou mais
1-Capacitor eletrolítico de 470mF x 50volts
1-Dissipador pequeno para o Triac

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Voz de Robô

Voz de Robô

 Montagem para quem gosta de efeitos especiais em gravações,ou para utilização ao vivo
 Modula e altera a voz da pessoa,gerando um som
que é a exata voz de robô igual aquelas dos filmes
de ficção cientifica,tipo guerra nas estrelas
 O cérebro do circuito é um CI 4016 que possui em
seu interior 4 chaves bidirecionais eletrônicas,tendo
suas aberturas e fechamento comandados por níveis
digitais alto ou baixo.No circuito utilizamos apenas 3
chaves. Duas delas estão interligadas em multivibrador
astável,com a freqüência determinada pelos resistores
e capacitores ,regulável pelo potenciômetro de 1M.
 O sinal fornecido pelo oscilador é aplicado ao eletrodo
de controle da terceira chave através da qual passa o
sinal vindo do microfone via pré amplificador BC549
 a modulação é obtida pelo rápido fechamento e aber
tura desta terceira chave(controlada pelo astável),que
impede e permite a passagem do sinal.O segundo pó
tenciômetro de 1M permite tornar a modulação mais
suave ou mais crua ,mixando uma parte do sinal normal
do microfone com o sinal modulado pelo 4016.
 O esquema completo está apresentado na figura abaixo.





 Na falta do CI 4016 pode ser esperimentado o 4066 que
é uma versão semelhante, mas com menor resistência,na
condição de ligado.
 O TDA 2002 deve ser dotado de um radiador de calor
Depois de tudo montado e conferido,aumente o volume
ao seu gosto e fale ao microfone,ajustando os potenciômetros para o desempenho desejado
 Após poucos ensaios será fácil obter a voz de
Robô.
 Para um efeito mais real ,fale pausadamente ao
Microfone.

Lista de material:
1-CI 4016
1-CI TDA2002
1-Transístor BC549
1-Resistor de 1M 1/4w
1-Resistor de 1K2 1/4w
1-Resistor de 10K 1/4w
2-Resistores de 22K 1/4w
2-Resistores de 680K 1/4w
2-Resistores de 10R 1/4w
1-Resiostor de 1K 1/4w
4-Capacitores de poliéster 100nF (ou cerâmico)
2-Capacitores de poliéster 10nF (ou cerâmico)
1-Capacitor eletrolítico 10mF (acima 16Volts)
1-Cpacitor eletrolítico 47mF (acima 16Volts)
1-Capacitor eletrolítico 100mF (acima 16Volts)
1-Capacitor eletrlítico 470mF (acima 16Vlts)
2-Potenciômetro de 1M linear
1-Potenciômetro de 100K linear
1-Microfone de eletreto de 2 terminais
1-Pedaço de fio blindado para o microfone




segunda-feira, 6 de junho de 2011

Gerador de ondas

     Gerador de ondas com XR2206

 Este circuito integrado permite a construção de um sofisticado gerador de ondas.Com 4 faixas de frequências ,que cobre desde 100Hz a 100KHz
 Possui saídas com 3 formas de ondas- quadrada,senoidal e triangular com
baixa distorção.Ajustes de intensidade,distorção,freqüência e simetria per
mitem a utilização numa grande quantidade de aplicações pràticas.
 Se você estudante ou hobbysta ainda não possui um gerador de ondas,aqui
està a oportunidade de montar o seu.
 Geradores de formas de ondas são aparelhos de grande utilidade na bancada de trabalhos eletrônicos.
-Ondas retangulares:servem para anàlises de circuitos lógicos,distorções em amplificadores,injeção de sinais em equipamentos de RF e etc...
-Ondas senoidais:servem(com baixa distorção)para testes em amplificadores de áudio,equalizadores e etc...
-Ondas triangulares:servem(poucos sabem usar)para teste de distorção em equipamentos de áudio e outras aplicações importantes





 Ajustes:
 Para ajuste das escalas será interessante utilizar a saída retangular ligada a entrada de bom frequencimetro.Variações que possam ocorrer nos valores previstos se devem,as tolerâncias dos capacitores.
 Se o estudante possuir um capacimetro podera escolher em um lote os que tiverem valores próximos dos pedidos na lista de material e,assim,conseguir uma maior precisão para as freqüências.
 O ajuste de amplitude pode ser feito com a saída retangular ou triangular ligada a entrada de um osciloscópio calibrado.Neste caso,os valores máximos podem ser ajustados conforme a nescessidade de cada um.
 O mesmo osciloscópio pode ser usado nos ajustes de simetria e distorção.
 O ajuste de distorção opera com a saída senoidal,enquanto que o ajuste de simetria opera com a saída triangular.
 O ajuste de offset determina o nível de sinal de repouso na saída do integrado.
 Após todos os ajustes e só pensar em utilizar o gerador.


Lista de componentes:
1-circuito integrado XR2206
1-Circuito integrado 7812 ou 7815
2-Diodos 1N4007
1-LED comum
1-Transformador com secundário para 15+15 volts x 250mA
1-Fusivel de 250mA
1-Capacitor poliéster 1mF
1-Capacitor de poliéster de 100nF
1-Capacitor de poliéster de10nF
1-Capacitor de poliéster de 1nF
1-Capacitor eletrolítico de 1000mF x 25v
1-Capacitor eletrolítico de 10mF x 25v
1-Capacitor eletrolítico de 22mF x 25v
1-Trimpot de 10K
1-Trimpot de 100K
1-Trimpot de 47K
1-Trimpot de 470R
1-Potenciometro de 220K linear
1-Potenciometro de 100K linear
3-Resistores de 1K x 1/4w
1-Resistor de 33K x 1/4w
1-Resistor de27K x 1/4w
1-Resistor de 4K7 x x1/4w
1-Resistor de 560R x 1/4w
1-Resistor de 120R x 1/4w
1-Resistor de10K x 1/4w
1-Chave rotativa de 1polo x 4 posições
1-Chave rotativa de 2polos x 3 posições
1-Interruptor simples

terça-feira, 31 de maio de 2011

Receptor de FM com TDA 7000

 Sintonizador de FM comercial,de fácil construção,instalação e utilização.
 Não requer nenhum ajuste difícil nem instrumento de calibração,não usa
tansformadores de F.I.
 A parte sintonizada consta de duas bobinas sem núcleo de fácil constru-
ção,ótimo rendimento e sensibilidade.
 Na saída do circuito temos um arranjo com transístores formando um a-
rranjo de amplificação de boa qualidade de som.
 Graças ao integrado TDA 7000 o hobbysta ou estudante,poderá cons-
truir com facilidade um excelente sintonizado de FM com desempenho
equivalente a muitos equipamentos no mercado.
 O TDA 7000 foi projetado exclusivamente para a função,simplificando
bastante a montagem,com a redução de componentes ,como tambem ao
ajuste e calibração.Este cicuito integrado possui em seu interior todos os
estágios  de um sintonizador de FM,incluindo os blocos de F.I,trabalhan-
do em frequência de 75KHz,eliminando os transformadores de F.I.
 Com isso,o ajuste final se torna mais fácilr,resumido ao correto dimen-
sionamento da bobina de sintonia e alguns capacitores.
 O nível do sinal de saída de audio é suficiente para excitar qualquer mó-
dulo de amplificação de potência.
 L1 bobina de antena é feita enrrolando-se 2 espiras de fio de cobre es-
maltado nº23 com diâmetro de 8mm,pode ser usado como forma pro-
visória um lápis escolar comum.Depois de formada e retirada do lápis
abobina deve ter as espiras levemente esticadas para ficar com 2mm a-
proximadamente,pode ser que já saia da forma com essa  medida.
 L2 bobina de sintonia são 5 espiras de fio de cobre esmaltado nº23
com diâmetro de 3mm,pode ser usado como forma o tubinho interno
de uma caneta esferográfica comum.Depois de desenfomada as espi-
ras devem ser levemente esticadas pra ficar com um comprimento de
4mm aproximadamente.
 Com as bobinas indicadas o aparelho já deverá varrer toda a faixa 
comercial de FM (88MHz á 108MHz).Se ouver dificuldade de sin-
tonia nos extremos da faixa de FM,a bobina de sintonia poderá ser
levemente mexida,comprimindo ou esticando as espiras até que as 
estações sejam todas captadas.


 Lista de componentes:
 1 Circuito integrado TDA7000
 3 Transístores BC548
 1 Transístor BC558
 1 Diodo zener de 5v1
 1 Potenciômetro de 22K com chave
 1 Capacitor plate de 18pF *
 1 Capacitor plate de 33pF *
 1 Capacitor plate de 68pF *
 2 Capacitores plate de 3n3 *
 1 Capacitor plate de 10nF *
 1 Capacitor plate de 10nF *
 1 Capacitor plate de 180pF *
 1 Capacitor plate de 150pF *
 1 Capacitor plate de 150nF *
 1 Capacitor plate de 100nF *
 1 Capacitor plate de 220pF *
 1 Capacitor plate de 4n7 *
 1 Capacitor plate de 1n8 *
 2 Capacitores plate de 330pF *
 1 Capacitor de poliéster de 100nF
 2 Capacitores eletrolíticos de 220mFx16v
 1 Capacitor eletrólítico de 4,7mFx16v
 2 Diodos 1N4148 ou equivalente
 2 Resistores de 180Rx1/8w
 1 Resistor de 1Kx1/8w
 1 Capacitor variável para a faixa de FM
 1 Alto-falante pequeno 5cm
 1 Suporte para 4 pilhas pequenas

 *  Na falta destes capacitores,usar os de disco cerâmico

sábado, 21 de maio de 2011

Iluminação de emergência (no break)

 Aparelho muito útil na falta de energia elétrica em várias aplicações
carregador de bateria incorporado,suprimento autmático de energia
na falta de tensão na rede elétrica local.
 Alimentação direta pela rede local 110 ou 220volts CA
 Duas saídas operacionais independentes monitoradas individualmen
te por LEDs piloto e fusíveis de proteção.Cada uma das duas saídas
operacionais apresenta durante a "emergência" 12volts cc sob corren
te máxima de 10 ampéres.
 O tempo máximo de energização das linhas de emergência é de cerca
de uma hora com baterias automotivas de 36 A/h,podendo situar-se
em maior período ,usando-se bateria com maior capacidade em A/h
 bateria acessória automotiva 12V chumbo-ácido,regime de carga da
bateria em aproximadamente 1 ampére com limitação automática
dos resistores de alta dissipação.
 A potência de saída fica em torno de 100W por ramal,monitoramento
do estado da bateria acessória por meio de LED piloto que durante a
emergência ,acenderá quando a bateria se aproximar do esgotamento
de sua carga,dando tempo para colocar outra bateria em paralelo pré
viamente carrregada se for o caso.Abaixo está o esquema


 No esquema pode-se observar o uso de seis resistores de 100R x 10Watts
em paralelo que na prática funcionam como um único resistor medindo apro
ximadamente 16R e capaz de dissipar até 60 Watts.
 A razão de serem usados seis resistores,e não apenas um de 16R x 60Watts
é que tais parâmetros, numa unica peça além de concentrarem o calor des
favoravelmente o calor dissipado naturalmente durante operação resultaria
num componente do tamanho de uma banana,o que seria inviável.
 Apesar das saídas do circuito serem dimensionadas para 12 volts nada
impede que sejam usados conversores para lâmpadas incandescentes de
110 ou 220volts,e lâmpadas fluorescentes,respeitando os parâmetros do
circuito.
 Lâmpadas incandescentes  12v 15a20watts-até 5 por ramal
 Lâmpadas fluorescentes 20 watts com conversor-até 3 por ramal

Lista de componentes:
2 transístores BC548 ou equivalente
2 diodos 1N5404 ou equivqlente (minimo 50x5A)
1 diodo zêner de 12v x 1w
1 diodo zêner de 9v1 x 0,5w
2 relês G1RC2 12v x 10A
1 transformador de 15+15 x 2 ou 3 A
6 resistores de 100R x 10watts
3 resistores de 470R x 1/4w
2 resistores de 680R x 1/4w
1 resistor de 1K x 1/4w
1 resistor de 4K7 x 1/4w
1 resistor de 5K6 x 1/4w
1 rsistor de 33R x 5watts
1 LED amarelo
1 LED verde
2 LEDs azuis
1 LED vermelho
1 capacitor eletrolítico de 47mF x 50v
1 chave de 2 polos x 2 posições mínimo 20A x 250v
2 conectores para bateria automotiva
3 suporte de fusível tipo de painel
1 fusível de 500mA
2 fusíveis de 10A